Leia mais: http://maiochristopher.webnode.com.br/products/efeito-neve-no-site-blog/

18 outubro, 2008


Prémio Nobel da Literatura 2008 atribuído ao francês

Jean-Marie Gustave le Clézio

Nascido a 13 de Abril de 1940 em Nice, no Sul de França, Jean-Marie Gustave Le Clézio é um dos nomes cimeiros da literatura francesa contemporânea. Detentor de um estilo clássico e refinado, assinou um vasto catálogo de mais de 50 romances, contos, ensaios, novelas e mesmo traduções de mitologia ameríndia. A obra de Le Clézio evoca as viagens e os contactos com diferentes culturas, sobretudo da América Latina e de África. Espiritual, a literatura do escritor de Nice privilegia os temas do paraíso perdido e a crítica ao materialismo do Ocidente. “O ponto central da obra do escritor desloca-se cada vez mais na direcção de uma exploração do mundo da infância e da própria história familiar”, sublinha a Academia Sueca.
Deserto, O Processo de Adão Pollo, O Caçador de Tesouros, Estrela Errante, Diego e Frida e Índio Branco são os títulos do Nobel da Literatura com tradução para Português. Jean-Marie Gustave Le Clézio é casado e pai de duas filhas. Reside em Albuquerque, no Novo México, mas viaja com frequência para França. Carlos Santos Neves, RTP 2008-10-09 14:13
"A atribuição do Prémio Nobel da Literatura a Le Clézio é mais do que justa. E a França deve estar muito contente, porque tem vivido nos últimos anos uma situação de decadência cultural e, agora, reaparece com algo tão importante como este prémio", afirmou ao Expresso José Saramago sobre o mais recente laureado com o maior galardão da literatura."

0 comentários:

Publicar um comentário